quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

10 citações de minha autoria

david alves mendes, frases, citações

1: "Fugir da rotina, quero novas vistas pr'acalmar a retina."


2: "Preciso apagar a brasa,
 tomar menos comprimidos,
 sair mais de casa
 dar menos ouvidos."


3: "Quando o sono começa a chegar, os seus sonhos se afastam para se tornarem mais concretos."


4: "As vezes me encontro a quilômetros de mim mesmo, com um vácuo na mente, sem pensamentos, vozes ou perturbações interiores, apenas o silêncio...o sombrio e aconchegante silêncio da existência.
— Aonde está indo? — pergunto calmamente á minha alma, obtendo a seguinte resposta: Vou descansar um pouco deste mundo."



5: "Viver da arte é ótimo, porém,
viver a arte é uma dádiva."


6:
A verdade muitas vezes soa como um punhal sendo cravado em seu peito!
E a mentira acaba se tornando uma grande confortável ilusão...



7: Com a escrita, dessa realidade eu me safo
já que na real eu não escrevo,
mas psicografo.


8:
Tantos papéis amassados,
cigarros apagados,
pensamentos mal interpretados,
e eu aqui, vendo o tempo passar
diante de minha retina, afastando...
pra longe a rotina que chega a me sufocar.



9: Indecisão em reflexões,
me encontro são, perdido em
minhas próprias contradições,
um vazio existencial a me comprimir,
o desejo de alojar um projétil no crânio...
e sumir daqui, mas a alma não morre,
e por mais que a vida seja um porre,
ao meu ver só o que resta mesmo é viver.




10: Clima frio, agradavelmente melancólico e um aconchegante aroma de chuva, que trás uma suave nostalgia, me remete devaneios de um outro instante cheio de histórias, de outro invernos, épocas das quais não se esquece.
Como o cheiro atraente de chocolate quente enquanto minúsculas gotas de chuva caem no alvorecer, quando os primeiros raios de sol surgem e os pássaros começam a cantar uma melodia que nos dá um pouco de sonolência.
As madrugadas são longas.


david alves mendes, citações, frases


David Alves Mendes

sábado, 4 de fevereiro de 2017

O sentimentalismo da razão

A única função do coração é bombear
o sangue e transportar o oxigênio
para o resto do corpo, amar é
opcional, segunda opção,
então por que sinto tanto amor então?

Como ser sentimental sem perder a razão?
Remoendo o que sinto em reflexos
inconstante de meu cérebro e coração,
sentimentos indefiníveis que muitas vezes
me deixa mal, como algo assim é opcional
se não escolhi sentir, me sentir tão anormal...
desigual e incompleto, incerto do final,
se vai doer ou não,
se vai valer ou vai ser em vão.


David Alves Mendes